A Doença do Beijo?!

Atualizado: Fev 10


O carnaval vem aí! Quem sabe você seja alguém mais introspectivo. A gente entende, somos uma clínica odontológica do Paraná, afinal. Como se não bastasse ter de passar por aqueles anos sofridos de faculdade e treinamento, toda vez que abria brecha para nossas doutoras irem para a folia, estavam do ladinho da capital anti-carnavalesca do país e com toda a grana das viagens investida em equipamentos e livros. Para elas a mononucleose, a doença do beijo, foi, assim como os próprios beijos, só coisa de livro.


Mas a gente estudou para você poder curtir! Então, se você não se identifica com o parágrafo acima, deve estar se perguntando: "mono o que?! E agora beijar da doença, Facial Clin?". Bom... A gente explica.



A mononucleose infecciosa é uma doença causada pelo vírus Epstein-Barr e é transmitida pela saliva. Por isso é que ganha essa alcunha da transmissão no contato bucal. Também pode-se ser contagiado dividindo escovas de dente, ou mesmo copos e outros objetos de uso pessoal.


Sintomas incluem:


• Fadiga; • Mal-estar; • Dor de garganta; • Inflamação da garganta, que não melhora com o uso de antibióticos; • Febre; • Inchaço dos gânglios linfáticos no pescoço e axilas; • Amígdalas inchadas; • Dor de cabeça; • Erupção cutânea; • Baço suavemente inchado.


Não há vacina para a mononucleose e, comumente, os tratamentos são feitos pela ingestão de muito líquido, bom repouso e administração dos sintomas com analgésicos, como paracetamol. Então, se não se cuidar, vai acabar em casa por um tempo.


Por isso, lembre-se: Neste carnaval, contagie o mundo! Mas só com alegria...





  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Facial Clin

© 2018 Facial Clin l Odontologia Avançada