Aparelhos autoligados trazem mais conforto ao paciente

As borrachinhas dos aparelhos ortodônticos fixos têm a função de prender o arco do aparelho ao braquete, aquele quadradinho que é fixado no dente. Mas para quem não simpatiza muito com elas, uma opção é utilizar os aparelhos autoligados. Neles, estas borrachinhas não existem, e o sistema utilizado é semelhante ao de uma portinha, com abre e fecha. Os autoligados, assim como os fixos convencionais, são indicados para as más oclusões dentárias.

Outra vantagem dos aparelhos autoligados é o conforto, já que a força exercida nos dentes é mais leve. Um fator que contribui para menos incômodo é justamente a ausência destas borrachinhas, que podem ficar amareladas, com menos elasticidade com o tempo. As borrachinhas podem contribuir ainda com a formação de placa bacteriana, caso a higiene não seja adequada.

Os aparelhos autoligados podem ser usados em qualquer idade, mas em geral têm o custo um pouco mais alto do que os convencionais. No entanto, é importante lembrar que são tão eficientes quanto os outros modelos existentes no mercado; vai depender da avaliação do dentista para utilizá-lo ou não, e também da preferência do paciente.

Algum tempo atrás falava-se que os autoligados seriam os tipos mais modernos disponíveis, mas essa constatação já caiu por terra: hoje, o que se tem de mais moderno são os alinhadores. Mas é importante lembrar que os alinhadores são mais eficientes em casos de oclusões mais leves, e os autoligados têm a mesma indicação dos fixos convencionais: tratam todos os tipos de oclusões.

Os aparelhos autoligados surgiram nos Estados Unidos, Alemanha e Suécia há muitos anos, sendo que em 1935 há havia relatos na literatura sobre a não utilização de amarrilhos para a fixação do arco do aparelho.


  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Facial Clin

© 2018 Facial Clin l Odontologia Avançada