Freios e bridas mal posicionados: características podem afetar a estética e causar outros problemas

O Ronaldo “Fenômeno”, jogador de futebol, ficou famoso pelo seu sorriso “aberto”, que hoje está corrigido provavelmente por alguma intervenção cirúrgica feita por dentistas. Essa característica, que pode representar um desconforto estético para muitas pessoas, se forma quando a ligação entre o lábio e a gengiva é muito grande, o chamado freio. Normalmente isso não causa problemas, mas quando o freio é muito grande é possível recorrer a procedimentos cirúrgicos.

Já o freio lingual pode provocar a popularmente conhecida “língua presa”, o que também pode ser corrigido com procedimentos no dentista. Já as bridas, membranas que ficam nas laterais da boca, podem causar recessão gengival e, da mesma forma, podem ser solucionadas com cirurgia

Existem três tipos de freios: os labiais superiores, o inferior e o lingual. Já as bridas são semelhantes, mas se situam nas laterais, nas proximidades dos incisivos, caninos e pré-molares.

A persistência desses freios anormalmente posicionados pode acarretar restrição de movimentação de lábio superior, interferir na mímica facial, na fonação e alterar o contorno gengival dos dentes incisivos.

Já as bridas, membranas que ficam nas laterais da boca, podem causar recessão gengival e, da mesma forma, uma cirurgia pode ser a solução caso elas incomodem ou comprometam a fisiologia. A recessão gengival (recuo da gengiva), além do comprometimento estético, pode causar comprometimento funcional, dificuldade no controle de placa, hipersensibilidade e cáries.

Além do exame clínico, um diagnóstico cuidadoso envolve análise radiográfica para avaliar o tecido ósseo de suporte dos dentes incisivos.


  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Facial Clin

© 2018 Facial Clin l Odontologia Avançada