Por que o excesso de açúcar faz mal aos dentes?

Biscoitos, balas, bolos, refrigerantes. Guloseimas que podem ser prazerosas por um momento, mas que, além de fazerem mal à saúde, podem causar sérios danos aos dentes.

Quando ingerimos alimentos ou bebidas açucaradas passamos a “alimentar” as bactérias da boca que se alimentam de açúcar - vale lembrar que carboidratos (massas em geral) também têm grande quantidade de açúcar. Nesse processo, ácidos prejudiciais ao esmalte dos dentes são produzidos na boca, e são eles que podem causar cáries.

Essas bactérias maléficas começam a agir nos dentes em torno de 20 minutos após a ingestão do alimento ou bebida açucarada. Desta forma, uma boa atitude para evitar cáries seria escovar os dentes logo após o consumo desses itens. Portanto, quanto mais alimentos açucarados ingere-se durante o dia, mais expostos aos ácidos causadores da cárie os dentes ficam.

Há vários tipos de açúcares. A glicose, encontrada em frutas, arroz, batata e mandioca não é tão prejudicial, pelo contrário, dá energia para o corpo. Já a sacarose, o conhecido açúcar refinado, é um dos mais prejudiciais para a saúde e também para os dentes, pois é o tipo que mais “gruda” nos dentes. Já a frutose, como o próprio nome diz, é o açúcar que está presente nas frutas, e que não faz tanto mal à saúde ou aos dentes. Portanto, evitar o consumo de açúcar refinado é o ideal. Há opções mais saudáveis, como o açúcar demerara e o mascavo, mas que também devem ser consumidos moderadamente.

A recomendação diária para o consumo de açúcar é de 10% das calorias ingeridas no dia. No entanto, o brasileiro chega a ingerir 16,3%. O excesso afeta o fígado, rins, pâncreas e cérebro.

Para evitar problemas mais sérios, é recomendável fazer consultas periódicas no dentista. A Facial Clin tem profissionais que podem te ajudar com isso.

A recomendação é sempre evitar doces (e carboidratos), mas algumas dicas podem ajudar caso a ingestão seja feita:

· Manter uma dieta nutritiva e equilibrada de grãos, frutas, legumes, proteínas e laticínios com baixo teor de gordura faz bem à saúde (e também para os dentes!)

· Verificar nos rótulos dos alimentos se há açúcares "escondidos" é uma boa ideia para evita-los (sacarose, frutose, maltodextrina, lactose, dextrose, xarope de milho, xarope de malte, açúcar invertido)

· Limitar a frequência dos lanches entre as refeições.

· Evitar alimentos açucarados pegajosos, que ficam na boca por um longo tempo.

· Guardar as guloseimas açucaradas para o final de uma refeição ou para antes de uma sessão de escovação dos dentes em vez de ingeri-las durante todo o dia.

· Substituir os sucos de fruta e os refrigerantes ricos em açúcar por água.


  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Facial Clin

© 2018 Facial Clin l Odontologia Avançada